Em uma entrevista a Polygon o diretor de design de personagem, Greg Street, disse que League of Legends terá personagens LGBT em algum momento. Durante a entrevista o repórter perguntou se em breve nós veremos algum personagem que é abertamente não hétero e Greg respondeu que sim, claro.

Nós devemos isso aos jogadores e, eu acho, que o mundo de LoL tem que ter algo assim. Mas o que eu não quero fazer é chegar e dizer ‘Ok, time, a próximo personagem, que vocês vão fazer tem que ser lésbica.’ Eu não acho não vamos fazer algo bom se for assim…. Desde o início essa tem que ser a identidade do personagem. Tenho certeza de que vamos ter um personagem LGBT em algum momento. Eu não sei qual personagem ou quando vai acontecer, mas em algum momento irá acontecer.

No ano passado a Blizzard confirmou que  a Tracer, do Overwatch, tinha uma namorada e é abertamente homossexual. Mesmo que Overwatch e League of Legends não contem sua história através de uma campanha com cutscenes, ações como essa são importantes para que o jogador se sinta representado e bem-vindo naquele mundo. Seja em Summoners Rift ou em Numbani.

Na mesma entrevista, o diretor de design ainda falou sobre a dificuldade que jogos como League of Legends e Overwatch tem de levar coisas que são normais por aqui para outros países.

Você sabe, a LoL e a Overwatch são jogos globais. Existem países cujas leis não funcionam da mesma maneira para coisas que consideramos totalmente normais neste momento. Uma maneira que você pode ultrapassar esse bloqueio é colocar esse conteúdo em torno de coisas que contam a história por fora do jogo….

Fonte: jovemnerd

Anúncios