Cada sistema novo significa um novo desafio para os hackers, sejam celulares, tablets, computadores e, principalmente, consoles de videogam como o Nintendo Switch.

Com o Switch não foi muito diferente: pouco mais de uma semana depois de lançado, o console já foi invadido pelo hacker Qwertyoruiop.

Ele é conhecido por ser o responsável pelo jailbreak de diversas versões do iOS e também pelo jailbreak do PS4 versão 1.76 liberado há algum tempo.

Para realizar a façanha, Qwertyoruiop utilizou o mesmo exploit já utilizado no iOS, através do Webkit; inclusive utilizando a mesma ferramenta (JailbreakMe), apenas atualizada para o Switch.

Parece que a Nintendo não lançou o console sem um navegador, afinal de contas, apenas o deixou escondido provavelmente para evitar tais problemas.

O que esse hack pode significar

Aproveitar o exploit de uma vulnerabilidade do Webkit não significa necessariamente que o console tenha sido desbloqueado para jogos piratas.

Mas isso definitivamente abre caminho para isso no futuro, já que agora é possível que os hackers tenham acesso ao kernel do sistema e possam encontrar mais falhas.

Afinal de contas, a essas alturas a Nintendo já deve ter lançado uma correção para essa situação específica do Webkit.

Fonte:teckroad

Anúncios